Repúdio a operação policial no Jacarezinho/RJ

08 de maio 2021

A AMPID se junta ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Direito da Universidade Federal Fluminense- UFF em profundo repúdio a operação policial que levou as mortes de pessoas humanas do Jacarezinho/RJ.

Lembramos que expectativa de vida no Brasil não é maior por conta dessa violência urbana que ceifa vidas.

O PPGSD vem a público expressar, por meio desta nota, nosso mais profundo repúdio à brutal operação policial realizada ontem (quinta-feira, dia 6/5/2021) no Jacarezinho. Um desastre operacional das forças policiais, absolutamente mal explicado, foi responsável por 25 mortes, sendo esse
número ainda provisório, tendo em vista não termos, até o momento, uma informação definitiva sobre as mortes decorrentes dessa atrocidade.

Configura-se como a mais letal operação oficial da história do estado do Rio de Janeiro realizada por aqueles que representam e agem enquanto forças policiais.

Num contexto em que temos a decisão do STF restringindo as operações em favelas e periferias durante a pandemia, essa operação bárbara soa como um verdadeiro acinte. Exigimos o fim desse projeto de genocídio estrutural (cuja operação realizada ontem é uma das muitas ilustrações)
contra os moradores de favelas e periferias, bem como a devida investigação
e responsabilização dos culpados.

Para acessar a Nota em PDF, clique aqui: NOTA DE REPÚDIO

 

 

 

 

Compartilhe:

Pessoa Idosa

Pessoa com Deficiência

Artigos

Veja mais matérias

Menu
Skip to content