Nota de Repúdio aos atos terroristas e antidemocráticos ocorridos no dia 8 de janeiro de 2023, em Brasília

 

09 de janeiro de 2023

 

NOTA DE REPÚDIO AOS ATOS TERRORISTAS E ANTIDEMOCRÁTICOS OCORRIDOS NO DIA 8 DE JANEIRO DE 2023, EM BRASÍLIA

A Rede Brasileira de Inclusão da Pessoa com deficiência (Rede-In), formada por 17 organizações que atuam nacionalmente em defesa ampla e interseccional da inclusão de pessoas com deficiência que vivem no Brasil, torna público e notório seu total repúdio aos atos de violência, depredação e invasão que ontem, dia 8 de janeiro de 2023, devastaram prédios públicos que sediam os poderes da República, em mais uma tentativa de destruir símbolos da democracia brasileira e desestabilizar a ordem constitucional que rege o país.

Os fatos ocorridos ontem são aviltantes e afrontam o patrimônio público tangível e intangível da história do Brasil, além de atingir também a já tão desgastada e sofrida sociedade brasileira, principalmente no que se refere à população com deficiência que vive em regiões mais empobrecidas e enfrenta sucessivas camadas de carência econômica e acesso a direitos.

A Rede-In coloca-se à disposição para contribuir com o restabelecimento da ordem democrática e solicita que a presidência da República, os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal e a presidente do Supremo Tribunal Federal envidem todos os esforços necessários para investigar e punir exemplarmente a omissão, autoria, cumplicidade e apoio aos atos golpistas praticados nesse 8 de janeiro, em Brasília.

Rede Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência – Rede In

*Compõem a Rede-In: Amankay Instituto de Estudos e Pesquisas;  Associação Amigos Metroviários dos Excepcionais – AME-SP;  Associação Brasileira por Ação pelos Direitos das Pessoas com Autismo – ABRAÇA; Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade – APABB; Associação Nacional de Emprego Apoiado – ANEA; Associação Nacional de Membros(as) do Ministério Público em Defesa das Pessoas com Deficiência e Idosos – AMPID; Coletivo Brasileiro de Pesquisadores e Pesquisadoras dos Estudos da Deficiência – MANGATA; Escola de Gente – Comunicação em Inclusão; Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down – FBASD; Instituto JNG – Moradia para Vida Independente; Instituto Jô Clemente – IJC; Instituto Rodrigo Mendes; Mais Diferenças – Educação e Cultura Inclusivas; Movimento Brasileiro de Mulheres Cegas e Com Baixa Visão – MBMC; Rede Brasileira do Movimento de Vida Independente – Rede MVI; Vidas Negras com Deficiência Importam – VNDI e Visibilidade Cegos Brasil.

 

 

Compartilhe:

Pessoa Idosa

Pessoa com Deficiência

Artigos

Veja mais matérias

Menu
Skip to content